Por que Jesus não fazia sexo?


Esse talvez seja um dos maiores enigmas da vida de Jesus até agora. É um assunto que atinge ambos os lados de quem acredita e de quem não acredita em Jesus. E quero com este artigo mostrar para você que muitas ideias são controversas e também mentirosas. Falta de conhecimento da verdade sobre Jesus e sobre o tempo em que Jesus viveu.
Jesus era judeu e vivia sobre os costumes judaicos da época onde todos os rabinos se casavam tinham filhos e todo o processo de ter uma família. Não existiam leis que por exemplo um homem não se casasse com uma menina de 12 anos, e foi o caso de Maria ao se casar com José, pai de Jesus. Se Maria estivesse vivendo hoje em dia, José poderia ser acusado de pedofilia. 
Então, sejamos coerentes com a verdade, se Jesus quisesse uma mulher poderia ter escolhido qualquer uma das 3 mulheres que se apresentavam para ele como suas seguidoras. E será que Jesus teve sexo com Maria Madalena? Se tivesse isso não seria nada de ruim, ou mesmo algo que desmerecesse seu trabalho de evangelização. Mas o que acontece, é que a Igreja cristã sempre passa a ideia de que Jesus era ascético e isso confunde as pessoas como sendo algo proibido.  
Na Igreja Ortodoxa Copta, o celibato é apenas requerido para os bispos e os padres podem se casar e ter relações sexuais normalmente. Por que usei a Igreja copta como exemplo? Os coptas são os primeiros cristãos e talvez a mais antiga vertente cristã que existe no mundo.  Na verdade esse problema nem vem dos coptas e sim dos antigos Essênios. Jesus teve sua escola espiritual baseada na filosofia dos essênios.[Acredito que logo que Jesus saiu de sua casa para vagar pelo mundo deve ter ficado vários anos como sacerdote essênio, isso explica sua ausência durante muitos anos de sua vida. e também explica a maior parte dos seus ensinamentos iguais às filosofias dos Essênios]
Segundo o historiador judeu, Flávio Josefo (37 d.C – 100 d.C), os essênios tinham vários rituais durante o dia: acordavam antes do sol nascer, banhavam-se em água fria, permaneciam em silêncio durante todo o ritual e depois iam arar a terra, algo que era comum para um essênio. Sempre em silêncio e assim até o por do Sol. A roupa branca [https://www.estudosgospel.com.br/estudo-biblico-evangelico-diversos/simao-o-cirineu-a-cruz-e-a-veste-branca.html]era um costume essênio que Jesus manteve durante sua entrada e saída dos templos e sinagogas, pois só usavam vestes brancas e limpas como uma forma de respeito com o altíssimo. Não acreditem em coisas que não sabem: Jesus tinha a formação de um padre essênio. 
Josefo nos diz que a comida dos essênios era um tipo de pão sem fermento e chamado de "pão ázimo" e também tinham uma bebida que consumiam nas horas de alimentação: que era um suco de frutas ou "vinho novo", um extrato de uva levemente fermentado. Quero provar para você que Jesus esteve com os Essênios durante muitos anos de sua vida e que sua formação como padre advém dos essênios.
O costume de comer pão ázimo e beber o vinho era um costume essênio e que marcou a santa ceia que nós conhecemos de Jesus. É claro que essa ceia foi marcada por uma despedida, pois Jesus sabia que iria morrer em breve. Isso porque ele estava destruindo o poder dos anciões Judeus de Jerusalém. Entenda, imagine que você tenha o poder da oratória, alguém que saiba falar e compreender os meandros das leis e costumes da época. Jesus sabia que ao confrontar os anciões hebreus algo aconteceria com ele. Isso porque ninguém tinha coragem de ir contra os anciões, pois era costume ser morto por apedrejamento, que era algo comum na época. inclusive muitos não sabem mas os judeus que criaram o apedrejamento e a crucificação de uma lei como a sharia islâmica
Então, Jesus sabia que iria morrer apedrejado, mas não sabia que poderia ser crucificado. Veja bem, era muito comum ser crucificado e era comum os viajantes entrarem em Jerusalém e ver os crucificados morrendo ao relento, era uma forma romana de avisar aos despercebidos; o triste fim de quem estaria contra as leis impostas na judeia.[Será que Jesus imaginava ser morto crucificado? Ele sabia que iria morrer!]
Esse pequeno resumo, pode explicar porque Jesus não teve tempo para fazer sexo. Ele estaria preocupado com o fato de entrar em Jerusalém e de seu futuro, por isso fez a despedida com uma ceia essênia para com os apóstolos.
Esse é um dos motivos, mas existem vários outros. Mas Josefo teve um diálogo com um mestre essênio e verá que nem tudo que dizem de Jesus ou mesmo dos essênios é verdade:
O Bem- Tudo aquilo que preserva ou produz coisas para o mundo,como "o cultivo dos campos, a fecundidade de uma mulher e a sabedoria de um professor".
A frase a "fecundidade de uma mulher" é bem específica e mostra que havia entre os essênios o casamento e os filhos como parte de suas vidas, então mostra que os essênios eram casados. Voltarei ao assunto depois e aproveito esse mote, para explicar mais um tópico que parece ainda estar misterioso para muitas pessoas que nunca leram a Bíblia ou os livros sagrados, Josefo continua com o diálogo:
O Mal - O que causa a morte, como a matança de animais. Por esse motivo, o sacrifício de animais, mesmo que para a alimentação, é condenável.
Esse trecho demonstra algo que vemos na ceia de Jesus e seus apóstolos. Por que Jesus fez a ceia naquele dia? Muitas pessoas não sabem que o dia da Páscoa é um dia sagrado para os hebreus, e é um dia que foi instituído por Moisés para comemorar a saída dos Judeus do Egito. A comemoração era feita fazendo o sacrifício de um cordeiro.  Jesus sabia que era um cordeiro de Deus, pois ele seria o próprio sacrifício 3 dias após. Quando Jesus diz: vocês estão comendo o meu corpo quer dizer;  meu corpo é fruto do sacrifício como o de um cordeiro no dia da páscoa judaica.
E mais, podemos interpretar muitas coisas nesta pequena frase: muitas pessoas não conhecem a história de Jeremias. Esse grande profeta foi contra o sacrifício dos animais e oferendas, tanto que o fez ir contra o pedido do próprio pai para sacrificar o cordeiro,  e logo depois expulso Jeremias de sua casa.
Esse outro fato mostra que Jeremias tinha ideias parecidas com a dos essênios, inclusive Jesus era contra o sacrifício e mudou o dia da Páscoa judaica. Em parte a morte de Jesus advém de sua rebeldia ao não fazer o sacrifício do cordeiro. Isso é muito óbvio em todo o diálogo e nos mostra que Jesus usava a mesma filosofia dos essênios.
Então, se Jesus era essênio ele também tinha a mesma filosofia dos essênios, podia casar-se e se fosse um bispo seria um celibatário. 
A pergunta do artigo é: Por que Jesus não fazia sexo?
O sexo é uma forma de necessidade fisiológica do homem e da mulher. Na época ninguém iria perguntar se Jesus fazia ou não sexo. Isso porque todos os homens faziam sexo normalmente, inclusive com prostitutas. Mas se ele era um bispo essênio, deveria manter o celibato. Mas todos sabemos que Jesus tinha 3 seguidoras contumazes que eram: Maria de Magdala, Joana e Suzana. Veja bem, muitos não sabem, mas naquela época mulheres tinham deveres na família hebraica: ter filhos, cuidar dos filhos, cuidar do marido e da alimentação.
Esse era o papel das mulheres na época de Jesus e graças a Deus não é mais assim. Mas observem, para uma mulher seguir 12 homens pelo deserto ou mesmo pelos comícios ao longo da jornada de Jesus pelos campos e cidades, não era algo permitido às mulheres. Mas era comum, elas ajudarem em afazeres domésticos bem como espirituais com os apóstolos. Jesus não declarou pelo menos na Bíblia que as mulheres seriam apóstolas de Jesus, mas há de que notarmos, que as mulheres sempre se mantiveram fiéis às ideias de Jesus e assim se mantinham firmes com Jesus antes, durante e depois de sua morte, enquanto os apóstolos fugiam da milícia romana.
É notório que as mulheres continuaram seu trabalho de evangelização muito mais fortemente dos simpáticos às filosofias de Jesus. Você deve estar se perguntando aonde está a ligação de que Jesus fazia  sexo?
Entenda que na mente das pessoas não cristãs, o sexo é algo necessário, ou primordial da luxúria e do prazer sexual. Veja bem irei dar uma outra ideia do que era sexo na época de Jesus. João Batista, foi morto por causa de uma vontade de Heródes que queria ter relações sexuais com a filha de sua mulher, inclusive o ódio que a mulher de Heródes tinha de João Batista, veio de que João falou que a relação dela com Heródes era incestuosa. O pedido de Heródes de transar com a filha de sua mulher, teve uma cobrança mórbida: que foi a cabeça de João Batista. O sexo tem essa consequência ruim e luxuriosa.
Entenda: o sexo é uma forma de luxúria pessoal que nos limita aos prazeres carnais mais imundos, isso inclui: incesto, assédio sexual, estrupo, pedofilia, feminicídio, infanticídio, etc. Todas essas atrocidades estão ligadas ao sexo e não ao amor e a caridade.
O fato do sexo ser parte de nossa vida, não o faz necessário em nossa vida podemos viver sem fazer sexo. Uma das filosofias dos essênios como explicado no diálogo com o mestre essênio e Josefo, é que a mulher tem um papel no casamento muito mais honrado do que um simples escrava do lar e sim com "fecundadora da vida". Os essênios eram bem lógicos com a natureza e sempre achavam que a liberdade era a coisa mais importante na vida de um indivíduo e isso está implícito na frase do mestre essênio a Josefo:
A Coragem - Ela é essencial para "rejeitar a opressão, defender a vida e a liberdade".
Essa frase nos mostra, que os essênios eram favoráveis às liberdade pessoal ou o direito de escolher, está ligado à coragem de se lutar contra a opressão. Isso vem de encontro com as ideias de Jesus em relação às mulheres, pois Jesus e os apóstolos, não as tratavam como mulheres e sim como companheiras e amigas.
E o sexo aonde fica? Entenda, o sexo é tão pequeno, tão ridículo que se torna uma forma fisiológica natural do ser humano e igual às suas necessidades fisiológicas simples como fazer cocô ou urinar. Hoje, as pessoas dão um valor muito exacerbado ao sexo, porque é uma forma de filosofia moderna da "putaria". 
Entenda uma coisa: quando Jesus estava ensinando aos apóstolos durante suas andanças pela judeia, o que ele queria era ensinar uma filosofia de amor, caridade e liberdade aos seus apóstolos: e imagine o que seria de seus ensinamentos se ele ficasse namorando com a Maria Madalena? Provavelmente, Jesus nem iria morrer na cruz, ele iria morrer de paixão.
Então, essas ideias absurdas de que Jesus dormiu com Maria Madalena, ou mesmo teve algum afeto entre homem e mulher com ela, beira o ridículo e está mais para as fofocas diárias das mídias de televisão e jornais, que nunca valorizam o lado bom das outras coisas e sim o sexo e o materialismo inútil e viciante.
O sexo é viciante, quem faz sexo todos os dias não tem tempo nem para perguntar, como foi seu dia hoje? Hoje as pessoas se preocupam tanto com o sexo que se esquecem de viver suas vidas de forma mais instrutiva.
Tem quem odeia quando falamos mal do sexo, pois não há nada de ruim em fazer sexo, inclusive as pessoas não sabem que o sexo, ativa uma parte do cérebro que produz a ocitocina ou o hormônio do sexo. Causa alegria, diminui o stress e as pessoas que fazem uso desse método de relaxamento, gostam porque quando o o cérebro libera ocitocina, você sente uma forma de saciedade momentânea. Bom, eu pessoalmente prefiro comer um chocolate ou abraçar alguém, que produz um efeito equivalente e não machuca e nem arranca pedaço.
Entenda, voltando ao assunto do artigo, todos os avatares, padres, bispos, papas, líderes religiosos, tem que ser ascéticos. Isso não é uma forma de: será que dá para escolher, pois uma das principais energias é a energia vinda de Deus. Você vai entender: quando somos ascéticos o corpo físico cria uma nova forma de  necessidade do que fazer sexo. Por que não fazer sexo? 
Quando estou na vibração terrena, isto é, básica, quando o chakra básico está pulsando, seus outros chakras param de funcionar e ativam os chakras básicos como o ânus, pênis e vagina. Isso cria a necessidade de ocitocina que é o sexo. O que acontece quando os chakras básicos começam a pulsar?
Os chakras são centros energéticos controlados pelo cérebro e a glândula hipófise, ou pineal, incentiva a produção de hormônios que criam a libido do ser humano. Quanto mais você liberar hormônios, mais você terá vontade de algo. Não é só sexo, não! A falta de ocitocina cria desejos. Mesmo que você não tenha vontade de fazer sexo, você vai ter outras vontades como: vícios e desejos sexuais bem esquisitos. Isso porque a ocitocina ajuda a dar prazer. Então, a própria ocitocina é bom e é também ruim, pois causa vícios dos mais variados. 
Jesus sabia que o sexo e algumas formas de vícios como: bem materiais e desejos da luxúria afetam nosso poder de conexão com o lado espiritual. Veja bem, quando você faz sexo, cria uma ligação carnal com a pessoa com quem tem relações e isso é bem difícil de largar. É como qualquer vício: fumar e beber, o sexo é a mesma coisa.
As drogas também tem um efeito alucinatório e também afetam, produzem ocitocina e DMT, que são hormônios ligados às viagens astrais. Muitas pessoas que se iluminaram também conseguiram através do sexo conhecido na Índia com sexo tântrico.
Em parte, gosto de dizer que existe uma ligação entre sexualidade e espiritualidade, mas que ela ativa o DMT que produz o orgasmo sexual. Esse orgasmo abre os chakras liberando a Kundaliní que ativa sua espiritualidade.
Eu tenho grandes experiências espirituais quando não tenho sexo, apenas ela libera muito mais forte o DMT, e consigo criar uma ligação ou uma conexão espiritual muito melhor e muito mais forte com os planos espirituais. 
Então, quando nós nos casamos com alguém ou mesmo namoramos, nossa ligação com os planos espirituais diminuem. Quanto mais termos ligações ou toques com alguém, essa energia é compartilhada. É como se nós fossemos um para-raio e quando você aterra a eletricidade ela vai para a terra. O sexo funciona como um aterramento, isto é te prende no chão e não te eleva.
Esse fator de não fazer sexo, cria uma pessoa ascética, quanto mais  forte é ligação, mais mensagem recebemos. O que nos torna uma forma mensageiros de Deus. Todas as pessoas podem ser, depende muito de sua capacidade de controlar os seus próprios desejos. Muitos me perguntam: posso fazer sexo e ter mensagens? 
Sim, pode, mas não é a mesma coisa que alguém que é ascético. A ideia é que seu corpo com o tempo muda, não tem tanta necessidade sexual por simples prazer é algo mais de "reprodução", do que prazer. Esse fato está explicado na história de Adão e Eva na parte da árvore da vida. Onde a serpente incita Eva que o comer da fruta é a liberdade da cegueira em que viviam. Ela diz: comer a fruta abrirá seus olhos para a verdade, mas intenção não é abrir e sim fechar.
Quando estamos vivendo a sexualidade, nossos olhos se fecham para tudo, pode perceber que quando uma pessoa está apaixonada por alguém, muitas pessoas dizem: ela está cega. Pois bem, na verdade quando Eva comeu o fruto, ela e Adão ficaram cegos e perderam a conexão com Deus.
Esse fato é colocado no Gênesis e as pessoas nem percebem, pois estão cegas. O verdadeiro humano, não depende necessariamente do sexo, nós somos livres. Muita gente diz: que quando nós casamos estamos presos, sexualmente falando.
Na verdade, nem sempre as pessoas casam por amor, mas por sexo !
São poucos os casos de pessoas que se casam por amor. Pois o amor verdadeiro nunca morre, mesmo a pessoa se separando ela continua a amar. Na frase dita pelo padre que diz: o que Deus une o homem não separa, é real.
Existe uma forte ligação amorosa entre as pessoas, que não se pode separar, nem mesmo nós conseguimos essa separação. Isso porque quando criamos a ligação carmica corporal, nós criamos uma dependência. Por isso, Jesus não fez sexo com ninguém, isso quer dizer que quando estamos apaixonados por alguém atrapalha nossa relação espiritual com Deus.
Veja bem, uma explicação coerente para isso é que Deus é uma energia e você precisa mais dela do que de alguém aqui na Terra. Então, a ligação é mais forte, se Jesus estivesse apaixonado, ele perderia a conexão com Deus. Essa mesma ideia é colocada pelas igrejas cristã e copta. Essa ideia coloca, que a base do cristianismo é a filosofia dos  essênios. Incrível, que analisando friamente todo o processo, percebemos que Jesus nem pensou em sexo quando inciou seus trabalhos na Judeia.
Ele não tinha tempo para isso e como expliquei, não seria algo bom para ele perder a conexão com Deus. A jogada para entender essa ligação, é uma forma de respeito por algo além de nós. Gosto de dizer que a vida é uma forma de aprendizado e que nós estamos aqui para aprender. Mas essa ligação com Deus é uma forma de certeza que somos imortais.
Muita luz.

Deus é um homem sábio.


23/07/2018
Eu recebo muitas dúvidas de pessoas que ainda não percebem o que é o despertar. Ontem, pela manhã em mensagem espiritual me pediram para falar sobre a busca da "fonte". Não se trata da busca da fonte da juventude, mas nossa fonte espiritual.
Você irá ler por aí o termo "fonte" que significa "nascente".
De onde veio nosso espírito, o local de origem. Existem várias formas de fontes que podemos descobrir e que existem em nosso universo, mas a fonte original de onde viemos é o próprio universo. 
Cada religião tem um tipo de nascente ou fonte. Até mesmo o mal em sua forma espiritual e carnal, tem sua fonte. A religião chamada de Zoroastrismo diz que o mal surgiu sozinho, sem que Deus o fizesse. Como na religião cristã Deus criou Lúcifer que rebelou-se e se tornou seu maior adversário. Ser adversário não é ser mau, mas o mal em si é bem pior. Então, o mal não seria obra de Deus, mas uma forma de fonte que surgiu por causa do livre-arbítrio.
Se na Bíblia explica que o ser humano surgiu de Adão e Eva, e até mesmo a própria ciência nos ensina que uma Eva mitocondrial[https://pt.wikipedia.org/wiki/Eva_mitocondrial] deu origem ao ser humano moderno, então podemos dizer que a  tal Eva Mitocondrial seria nossa fonte.
Então, se voltarmos ao passado estamos voltando à nossa nascente matrilinear.
Por que voltar à fonte e o que isso nos fariam melhores. A própria Bíblia explica. Quando Adão e Eva que eram fonte de pureza e de amor. Deus ensinou e pediu: não comam o fruto da árvore da vida.
O que fruto teria essa árvore de tão perigoso que mataria quem os comesse?
Em uma literatura dita "religiosa" por muitos críticos da Bíblia, até mesmo fantasiosa para muitos, mas se notarem a ideia é muito original e nos remetam a muito da violência que nossa sociedade vive hoje em dia.
Pense no seguinte: Deus disse não coma do fruto que os levarão a morte.
O que aconteceu logo após Eva oferecer o fruto proibido para Adão? Eles sentiram vergonha do próprio sexo.
Eu coloquei logo no começo do artigo a maça da Apple, que o próprio criador da marca de computadores dizia que o significado não declarado da imagem da maçã mordida, representaria o conhecimento e que isso estaria de qualquer forma ligado ao avanço da humanidade, mas não declarou que o avanço teria suas próprias consequências.
Eu prefiro as palavras que estão na Bíblia e nos remete a um outro significado e irei reescrever de forma que entenda o verdadeiro significado das palavras.
Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?
Gênesis 3:1
Observe a palavra "astuta" e seu significado:
Astuto é um adjetivo na língua portuguesa que caracteriza o indivíduo que consegue o que deseja com sagacidade, esperteza e engenho; uma pessoa que não se deixa enganar ou ludibriar.
A palavra tem dois sentidos que expressam malandragem, não quer dizer que é algo bom, pois as pessoas estão bem espertas para entender que a serpente agiu como um corruptor de duas pessoas puras e indefesas.
Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais. 
Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
Gênesis 3:3,4
Ela está dizendo que trata-se de um ardil de Deus para que não coma o o fruto que morrerá. A palavra "morrer", tem um certo pensamento dúbio que muitas pessoas usam como uma forma de fantasia, pois ninguém morreria ao comer o fruto. 
Mas Deus não quis explicar dessa forma que a morte é uma consequência dos nossos próprios atos, que essas consequências nos levariam a morte e isso é real hoje em dia.
Quais são os maiores crimes cometidos pela raça humana? Estrupo, pedofilia, assédio sexual, infanticídio, e outros crimes. Observe que a palavra de Deus se fez realizada e hoje as pessoas morrem por causa de sexo. Veja as doenças advindas da sexualidade:

  • Clamídia.
  • Gonorreia. ...
  • HPV - Verrugas genitais.
  • Herpes genital. 
  • Tricomoníase.
  • Sífilis. 
  • AIDS
E quantas pessoas morreram depois que fizeram sexo. Então,o que Deus queria dizer é que o conhecimento na verdade era o sexo?
E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.
Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.
Gênesis 3:6,7
Então, a verdade que está escondida na Bíblia é que a verdadeira árvore do conhecimento é o sexo. Abrir os olhos das pessoas para que façam sexo e que obtenham o conhecimento é uma evolução que tem um preço: a morte.
Mas não sou ignorante, sei que o sexo não mata, mas será mesmo verdade que o sexo mata?
Hoje, 616 pessoas morreram vítimas do Viagra. Fora as doenças venéreas que atingem muitas pessoas do mundo porque  esse fruto não mata.
Então, ao abrirem os olhos Adão e Eva descobriram-se como homem e mulher e assim a nossa evolução começou. Que evolução, não acha? Com milhões de mulheres sendo mortas em assassinatos passionais e estrupos, milhões de homens morrendo de Aids e ainda acham que a Bíblia é fantasia?
Então, de acordo com o criador da Apple, Steve Jobs o conhecimento é algo bom e evolutivo, mas e suas consequências, também não são levadas a sério? 
Quero que entenda, que a Bíblia é uma fonte de filosofia de vida e não uma fantasia como muitos dizem por aí. Na verdade, se Deus disse que as pessoas morreriam ao comer o tal fruto proibido é uma completa e triste realidade que vemos todos os dias.
Será que precisamos do conhecimento do qual Steve Jobs nos disse? 
Observe, que tudo feito pelo homem é ruim e não é sustentável. Carros destroem o meio ambiente, armas matam seres humanos todos os dias, guerras pelo mundo, e o próprio sexo o qual faz vítimas pelo mundo sem que as pessoas lembrem da Bíblia.
Apenas dizem que é algo natural, mas temos que relembrar às vezes que as pessoas realmente sofrem de amnésia ou de cara de pau. 
Algumas pessoas dizem que o conhecimento nos ajuda a evoluir será irei dar algumas ideias do que a ciência nos dá de conhecimento e que isso afeta sua vida.
1) Viagens espaciais: o que uma viagem espacial lhe traz de proveitoso?
2) LHC, o que o colisor de Hadrons vai te dar de comida no seu café da manhã?
3)O que a Teoria da Relatividade resolveu em sua vida diária?
Existem, milhares de outras coisas inúteis em nossa vida costumeira. Mas que as pessoas que acham que isso seja evolução chega a beira do ridículo. A bomba atômica matou 200 mil pessoas é colocada como algo maravilhoso por alguns países, isso é evolução também?
Se olharmos pelo olhar de Deus e quando disse aquelas palavras realmente inteligente, ele previu nosso próprio futuro como humanidade e hoje estamos morrendo todos os dias tanto pelo sexo, como pela bomba atômica, como pelo computador, como pelo sexo, e por todas as consequências de nossos atos cometidos em prol do conhecimento santificado por Steve Jobs.
Esse tal conhecimento, afeta as pessoas todos os dias. O que uma pessoa que teve um parente morto por um acidente de avião, pensa do conhecimento? Eles sempre dirão que o conhecimento ajuda, não é verdade? Isso seria verdadeiro? 
Vou te dar algo para pensar: por que então milhares de pessoas morrem de Aids ou de doenças como a Febre Amarela? Por que ainda as pessoas morrem de câncer? Por que as pessoas morrem em filas de hospitais sendo que o conhecimento é tão importante?
Vou dar outro exemplo: os planos de saúde para pessoas mais novas é mais barata, e para pessoas mais velhas chega a cobrarem 900 reais e para um jovem 27 reais. Então, para que serve o conhecimento? Sabendo que quando chegar com a idade de 60 terei que pagar 900 reais no meu plano de saúde, só que nem minha aposentadoria paga esse valor, o que me deixa na fila dos defuntos.
Então, quando Deus disse: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.
Ele quis dizer que um dia você quando ficar velho e depender do conhecimento dos médicos, você pode escolher entre viver e morrer, mas no mundo de hoje é mais fácil morrer do que ficar vivo. Portanto, Deus é um homem sábio.
Com isso conseguimos entender o verdadeiro significado da palavra fonte, pois por que não voltarmos ao Jardim do Éden e ouvir a Eva dizer a seguinte frase para a serpente: queira Deus que você não dependa do conhecimento, e não dependa dos planos de Saúde, pois é morte na certa.
Muita luz e muita saúde, se precisar de um médico reze a Deus e peça perdão.

Como Deus fala com você.


Resolvi escrever este artigo, porque muitas pessoas tem dúvidas quanto a receber mensagens de Deus. Será que seria Deus ou uma outra entidade de luz ou da escuridão?
Entenda, a mente humana pode pregar peças quando recebemos mensagens telepáticas ou mentais. Eu sou uma pessoa que não fica no plano da realidade carnal, pois vivo entre dois mundos; o mundo espiritual, o carnal, mas existe o mundo angelical que é o mundo onde Deus envia mensagens para você aqui no plano carnal.
Hoje a ciência, está tentando unificar a estrutura da física em uma única teoria universal, para explicar o mundo em que vivemos e também o universo ainda inexplicável, como o universo quântico, mas posso dizer com certeza sem ser um cientista renomado, de que o universo está unido em suas estruturas e que nós seres humanos não conseguimos observar com clareza, pois falta-nos a inteligência para perceber essa união universal.
Albert Einstein antes de morrer estava à procura de uma teoria que unificasse as duas teorias que suplantam nosso universo que são: a teoria da relatividade e a teoria quântica. Será que poderíamos explicar os efeitos esotéricos conceituados na teoria quântica com a teoria da relatividade, que é mais observável em termos físicos do que a teoria quântica, que mantém o universo das partículas atômicas? Sim, pois as duas teorias são antagônicas, mas existem em nosso universo de forma harmoniosa. Isso quer dizer que o universo já é unificado e nós ainda não percebemos essa característica, por não termos uma teoria do tudo. 
Eu quero iniciar este artigo mostrando que o universo é perceptivo mas não pode ser explicado por qualquer fórmula matemática, mas pelo pensamento empírico e talvez espiritual do ser humano. Com essa introdução quero mostrar que não só existe o mundo carnal, mas um mundo esotérico que nos persegue desde os primórdios da humanidade. Desde quando nosso pensamento abstrato tornou-se parte de nossa vida.
Observe o mundo empírico, pode nos trazer respostas para nossas dúvidas, pois o primeiro ser humano a ter um pensamento abstrato, desenhou animais e marcou sua mão nas cavernas da França, que hoje nos diz algo mais espiritual do que um desenho rupestre, esses desenhos expressam a pessoa que não existe mais em nosso universo, mas sua expressão ficou gravada como dizendo: eu estou vivo!
Estes desenhos dizem algo que não pode ser visto nem sentido fisicamente, mas que é sentido em seu coração como uma forma de mensagem espiritual e não uma mensagem cifrada ou mesmo declarada. Essa mensagem é sentida pelo seu chakra do coração, o chakra coronário, ou o sétimo chakra. Só ele que entende as mensagens esotéricas e não sua mente lógica. Ao observar essa imagem seu chakra torna-se pulsante, isso quer dizer que o universo fala com você esotericamente.
Quero que você analise a imagem e tente entender as formas como um diálogo existe entre você e seus criadores. Observe que alguns grafites estão invertidos, e essa é a beleza da mente abstrata, podemos analisar um humor dos homens da caverna que não aparece nos seus ossos encontrados na caverna, por isso existe uma mensagem além do corpo e que nossa mente lógica, mas abstrata, pode descobrir e perceber. A mensagem tem algo mais do que simples grafites de mãos dos homens da caverna. Isso mostra que a mente do homem é capaz de notar fatores psicológicos nas mensagens esotéricas.
Então, as mensagens tem um fator psicológico embutidos na hora de sua criação, são detalhes que a mente lógica não consegue entender. Se você pedir a ajuda de um arqueólogo ou um antropólogo, ele dirá que são expressões dos homens da caverna e jamais dirá que as mãos querem dizer que somos iguais a eles, que se expressavam para alguém, que seu chakra ativa ao ver as imagens, pois as imagens tem um sentido além da sua pictografia. Porque existe uma forma psicológica e ilógica do pensamento humano.
Estou, tentando explicar que todo processo de mensagem tem uma característica psicológica de quem a fez. Para explicar que as mensagens que recebemos nem sempre vem de nosso cérebro. É possível diferenciar as mensagens, sabendo sua origem. Pois todas as mensagens, tem imbuídas em seu processo de criação, um teor psicológico inerente ao criador delas.
Darei dois exemplos de mensagens demoníacas e mensagem de seres angelicais:
Seres demoníacos falam sempre que tudo é bom, tudo é legal, tudo é importante.
Seres angelicais falam sempre sobre tudo de ruim do universo. 
Parece que as pessoas acham que os seres angelicais falam do bem, mas eles falam incessantemente sobre nossos erros: o que erramos, quem está errado e quem é ruim. Observe que todos os seres demoníacos, jamais falam de coisas negativas, isso porque a intenção deles é mostrar que a luz é ruim.Vou dar outro exemplo: todos reclamam de Jesus Cristo porque ele dizia que viver na miséria era algo bom e que Deus gosta da miséria. Então, as pessoas mais ricas criticam a ideia de simplicidade e humildade que Jesus Cristo queria passar.
E pior que isso é que as pessoas acham que Jesus era alguém bondoso e carinhoso, o que é falso e muitas vezes erroneamente colocado como uma característica do homem Jesus. Todos conhecem que Jesus era muito crítico, isso inclusive quase causou sua morte prematura na cidade de Cafarnaum, onde ele ao ler um trecho da Torah, e logo depois chocou a todos ao revelar-se o messias dos hebreus  e que quase morreu apedrejado em público. Observe essa situação, e se Jesus tivesse dito: eu sou o messiach! Matarei até o último romano na judeia, provavelmente sairia carregado e ovacionado pelos judeus ali presentes e seria: O Messias, mas ele ao invés de declarar o que todo judeu queria, ele criou um fator inverso: o ódio.
Essa é uma característica dos seres de luz. Hoje, as pessoas tentam colocar Jesus como alguém que sempre é bom, mas Jesus era ácido em seus comentários e não perdoava a ninguém, apenas aqueles que entendiam seus ensinamentos e essa característica, é a principal para entender as mensagens angelicais e de Deus em sua vida espiritual.
Quando falamos em mensagens de Deus em nosso dia-a-dia, não são mensagens do agrado das pessoas, mas de uma reflexão, mensagens que o remete a pensar sobre seus atos diários, do que passar a mão na sua cabeça e dizer você é lindo! Geralmente, são alertas, reclamações e correção de nossos atos como seres humanos.
Caso receba mensagens dizendo: você é uma pessoa legal, ou você vai ganhar na loteria, não são mensagens de Deus e sim de planos inferiores e materialistas, o qual vivem da mesma vibração terrena que você quer. Então, quando a mensagem for muito boa, desconfie, pois não é mensagem angelical. O ser humano tem uma mente positiva e egoísta, que para ele funciona no mundo ilusório da nossa realidade física. 
Nós achamos que Deus é sempre bom, que ele sempre perdoa as pessoas e isso não é real, somente na mente das pessoas que querem impor essa realidade como uma forma de justificativa pessoal para satisfazer seus devaneios carnais, isto é fazer coisas erradas e justificá-las.
Eu gosto de dar uma explicação para que você entenda quais as diferenças entre carnal, espiritual e angelical: o plano carnal é regido pelo material e o plano espiritual pelo carnal do umbral e o angelical que é o verdadeiro plano espiritual humano.
Não acredite que os planos espirituais são a verdadeira evolução espiritual, esse plano é uma passagem para voltar para o plano carnal. Esse plano, é apenas um plano de estadia para espíritos em evolução e podem reencarnar e devem reencarnar, pois não possuem vibrações e frequências de elevação espiritual suficientes para viver no plano angelical [Por isso houve a queda de Lúcifer]
Um outro conceito é que os planos angelicais não são de prazer e paz. Apenas os planos da Terra e do umbral: planos de morte e paz. Os planos angelicais são de trabalho espiritual e não de prazeres e ilusões peculiares dos planos umbralino e do plano terreno.
Para não fugir do tópico do artigo, pois o tema é muito legal de escrever e bem polêmico, retomarei o assunto escrevendo que quando Deus fala com você, existe um puxão de orelha e uma critica ao seu modo de viver, até mesmo de seus defeitos, o que os seres demoníacos não falam, mas eles adoram inflar seu ego, com frases: você é Deus, ou você é muito inteligente, vai conseguir ficar rico, etc. Isso porque as mensagens angelicais são carregadas de informações negativas e não positivas como as pessoas querem viver imaginando.
Entenda, por que os santos curam doentes e por que os milagres sempre são vindos de Deus? A negatividade está ligada à cura. Todas as pessoas querem curar-se de suas doenças, muitas delas não conseguem no modo terreno e procuram curas espirituais e milagrosas de santos e avatares. A cura é uma forma de destruição do egoísmo humano. É ao contrário da benevolência, pois existe uma energia negativa que é a que os médicos não tem o poder necessário para conseguir mudar um processo psicossomático de uma doença. Sempre procuramos a Deus para reverter a morte, algo que está imbuído em nossas crenças materialistas, mas a morte é inevitável. 
Todos nós somos negativos, é um padrão universal. O positivismo, não é real. Vou dar um exemplo: se você é positivo, você nunca morreria, ou mesmo nunca seria assaltado, ou mesmo nunca sofreria um acidente. Isso mostra que ser positivo, não muda sua situação negativa. Não dizer que algo acontecerá com você não cria um bloqueio positivo ou mesmo um escudo, e sim sua própria negatividade.
Em parte as pessoas negativas são muito mais sortudas que as ditas "pessoas positivas": eu nunca fui assaltado na rua! Por que será? Isso é porque sou negativo, eu nunca ando com celulares ou com carro luxuoso pelas ruas. É simples de pensar: se você sai esbanjando sua conta bancária todos saberão que você tem dinheiro e assim será alvo de assaltos. É algo óbvio e todas as pessoas negativas sabem disso e nunca serão assaltadas do que as pessoas mais positivas que vivem no mundo da Lua. A pessoa positiva sempre acha que isso não acontecerá com ela, por causa de sua positividade. Mas alguém dirá: sempre fui positiva e nunca fui assaltada, na verdade essa pessoa se engana a si mesma dizendo que é positiva, mas é negativa!
Eu quero colocar essa ligação entre positivismo e negativismo, para mostrar que Deus não é positivo, apesar que atitudes negativas elevam o seu poder de sobrevivência em todos os âmbitos físicos e espiritais. Vou dar outro exemplo de negatividade que salva: muitas pessoas se salvaram de morrer em acidentes de avião, por negatividade. Essas pessoas, desistiram de pegar o voo por medo de morrer e sobreviveram ao acidente. [Irão dizer é sorte, portanto confirmando que os negativos são mais sortudo] Veja o caso dos Mamonas Assassinas, onde um dos músicos no dia do acidente brincava que o avião iria cair. E veja o que aconteceu, morreram todos no acidente. Esse é um exemplo de positividade que não funciona.
Desde que comecei a estudar essas mensagens, notei que Deus nos fala de uma forma diferente: usa voz em alguns casos, mas é muito mais didático, muito mais demonstrativo do que falado. Quero lembrar que se Deus falar como você será através de imagens, de sonhos e viagens astrais reais, onde você sente o que ele quer dizer.
Gosto de dizer que Deus não fala, mostra-nos a verdadeira mensagem, pois palavras não tem tanto poder do que imagens. Imagens e fatos são muito mais fortes do que palavras. As palavras tem uma forma dúbia, onde cada um interpreta de sua maneira.Mas imagens são muito mais entendidas do que as palavras. O ser humano tem uma forte ligação com as imagens, isso é real porque as pessoas não gostam de ler e preferem ver. Gosto de dar um exemplo: os livros são muito mais conhecidos pelo filme do que propriamente pelo livro. O caso do Harry Potter é um exemplo ilustrativo do que estou escrevendo. A demonstração é uma forma de controle também, veja a maioria das manipulações são sempre visuais, do que escritas.
Esse tipo de visão, Deus já conhece, então o modo de Deus dar mensagens é através de imagens e de colocar você experienciando uma realidade em uma viagem astral.
Uma vez disse em conversa com Deus: queria nascer um cachorro na minha próxima encarnação. Isso foi durante a noite em meditação que faço sempre antes de dormir. E no dia seguinte estava andando na rua voltando de minha costumeira caminhada, uma mulher abre a porta da garagem e o cachorro dela corre para a rua que um carro vindo em velocidade o atropelou. Eu parei ao ver isso e fiquei ali olhando o cachorro se esvaindo em sangue e estava duro e tremia como vara verde. Então, pensei ele já deve estar morrendo, a pancada foi tão forte que o jogou nos carros que estavam estacionados. O motorista tentou socorrer, e dizia para o motorista: tem um veterinário aqui perto leve ele lá. Mas observe, o cachorro perdia muito sangue, pois o corte foi muito profundo pelo efeito da batida. Então, pensei: já deve estar no fim da vida, ali tremendo. A dona do cachorro desesperada, já não via vida no cachorro. Levaram ele para um veterinário e depois não fiquei sabendo mais nada do cachorro. Aí, fiquei preocupado, então fui até a casa e perguntei do cachorro para mulher, ela me disse feliz: olha ele aí. Estava vivo e latindo feito louco.
Pensei que ele havia morrido. Essa história real, pode parecer boba, mas me mostrou algo que gosto de mostrar para as pessoas: Deus me mostrou que ser cachorro não é uma coisa boa. Sei que pode parecer bobo, mas aquele dia eu tive certeza que Deus interviu ali, mostrou para mim como é a vida de cachorro e ao mesmo tempo salvou ele da morte.[Tem gente que dirá: por que Deus mataria um cachorro? Note o cachorro não morreu, isso foi um milagre! A batida foi tão forte, mas na hora que vi o cachorro senti algo muito forte. Para Deu, às vezes só assim que damos valor às mensagens, o ser humano é muito cabeça dura, não aprende se levar um tapa na cabeça. Tipo uma forma de acordar, o ser humano só aprende depois que apanha e isso é verdadeiro, se fosse mais consciente, nem precisaria apanhar. Pense nisso.Errar é humano, mas continuar errando é burrice]
Entenda, Deus quer que você entenda que a morte é inevitável, mas que a vida é uma forma de escola para nós aprendermos o verdadeiro valor da vida: o amor.
Então, Deus nos mostra a vida na desgraça, até mesmo na morte de algum parente, nos mostra que a mala que levamos para nossa viagem está sempre vazia, mas de objetos, mas cheia de amor, ações de caridade, de amor e amizade de nossos companheiros de vida.
Deus sempre me mostra várias coisas, recebo muitas mensagens de anjos e sempre são mensagens com teor negativo, mas que servem à nossa construção espiritual. Tem gente que acha isso bobo, ou mesmo chamam de doenças psicológicas, mas contei essa história real do cachorro que tem um dedo muito peculiar de mostrar a verdade para você. Não da maneira que você vê, mas do jeito correto que a vida é. O que aprendi com a história do cachorro? Logo depois passei uma semana lembrando do cachorro sendo atropelado, e depois vê-lo vivo, foi um tapa na minha cara, pois a minha ideia de que ser um cachorro não é nada bom para um espírito evoluído.
A lição foi muito grande para mim, e depois desse evento comecei a ver a vida de forma mais amena, que nossos problemas são difíceis, porque o universo  é difícil, não existe nada fácil na vida, mas se usarmos nossa vida como uma forma de imagem do passado, podemos construir um futuro melhor.
No caso dos demônios: existiria também uma lição no positivismo? Os demônios gostam do lado positivo, egoísta e de viver nas ilusões. Mas gosto de dar um exemplo do que é viver na ilusão, vou dar um exemplo do meu próprio pai: ele sempre viveu a vida querendo ser coronel da polícia militar, sempre, só que nunca conseguiu e isso o deixava triste e muito desconsolado, mas o que adiantou viver de ilusões? Outro exemplo: as pessoas sempre sonham em ganhar na loteria e passam anos sem ganhar nada, essa é outra ilusão. O poder é outra ilusão: Hitler sonhava que quando ganhasse a guerra iria fazer um filme em Hollywood com sua amada Eva Brown. O poder sempre foi a principal luta do Império romano e sua decadência durou apenas um dia.
Posso dar um exemplo diferente de como a negatividade, supera o positivismo: Jesus foi morto dois mil anos atrás e até hoje suas palavras ecoam na mente dos Judeus que o chamaram de farsante. Até mesmo judeus falam dele até hoje, mostrando que as palavras e mensagens de Deus são reais e duradouras.
Muita luz a todos.

A parábola dos homens no deserto.



Fiz esta parábola para mostrar às pessoas qual é o erro das religiões e como isso pode nos levar à nossa própria destruição. Então, usarei a forma de parábola para mostrar o que significa a união das pessoas.
Essa parábola começa em um deserto qualquer, três homens em um deserto escaldante e perdidos sem um caminho a seguir.
Cada homem tem um conhecimento e cuida dos mantimentos como água, comida e camelos. E isso foi acertado entre eles para sua própria sobrevivência. A um dado momento os 3 homens se acham perdidos em meio ao deserto que clama pela vida dos  três amigos.
Qual o caminho seguir?
-Eu acho que deveríamos ir na direção Norte, pois encontraremos um oásis e ali ficaremos até que algum nômade nos ache.
-Não, vamos para o Sul que tenho certeza existe um oásis lá
-Sei que iremos morrer se seguirmos o Norte ou o Sul, mas sinto que o caminho que devemos seguir seria até às montanhas mais próximas.
-Amigo, sei que és um homem de prodígios, mas olhe para o lado. Tu vês alguma montanha? Declaro, amigos,  que morreremos no deserto: temos pouca água e pouca comida e também temos que dividir com os camelos.
-Vamos seguir cada um um caminho e quem sobreviver será o agraciado com a vida pela benevolência de nosso Deus.
-Bom, vamos pensar antes de tomar essa decisão.
-Que tal tirarmos a sorte? Quem tirar o menor graveto, vai de camelo, quem tirar o maior, leva a água e quem sobrar, leva a comida. Quem tirar o camelo irá mais rápido do que quem tirar o graveto menor e assim um de nós irá sobreviver.
-Eu não quero morrer, disse um deles e não quero que vocês morram!- Disse o amigo com voz desesperada.
-Tenho uma ideia, vamos escolher a direção em vez de quem irá para um caminho.
- Excelente ideia, começamos.
Os homens pegaram  três gravetos e escolheram um caminho.
-Seguiremos Norte, de acordo com a retirada.
-Sim, acho que Norte é a escolha correta, pois se formos para o Sul entraremos no deserto sem-fim e se formos para as montanhas que estão ao norte.
-Verdade, se andarmos juntos nós poderemos chegar juntos ou morrermos juntos!
-Sim, essa é a melhor escolha. Então, rumo Norte e que Deus nos ajude!
Deus não quer que nós nos separemos e sim que nós nos ajudemos uns aos outros e que a união é uma força maior do que seguir um caminho sozinho. Se acaso os homens escolhessem dividir o que tinham de mantimentos, é óbvio que a um certo momento eles iriam morrer. Então, a escolha de seguir um único caminho é mais correto, pois os  três homens apoiariam um ao outro e  superariam suas próprias dificuldades. 
Deus nos ensina que existe um único caminho: que é amar a todos como ele nos ama.
Muita luz

Quem foi Maria Magdalena e o que ela representa para as mulheres


Existem muitas confusões sobre quem era a mulher Maria de Magdala. Como o nome diz Maria era da cidade de Magdala, cidade litorânea, pobre e simples. Portanto, Maria de Magdala era uma mulher simples como toda mulher da época.
Hoje as pessoas não entendem como era a vida de uma mulher nessa época e irei mostrar pelas palavras de Josefo, historiador judaico que viveu 70 anos após a época de Jesus: “A mulher, diz a lei, é em todas as coisas e inferior ao homem. Deixem-na, portanto, ser submissa, não para sua humilhação, mas para que ela possa ser dirigida; porque autoridade foi dada por Deus para o homem".
Essa frase mostra como a mulher da época era submissa aos homens, aos pais e só podiam ser livres ao se casarem, então muitas mulheres eram tratadas como escravas e seu papel era de cuidar da casa e das crianças. Até hoje é assim em alguns lugares do mundo.
Para entender Maria de Magdala é preciso conhecer a época dos acontecimentos e compreender a dificuldade de ser livre em uma sociedade patriarcal e machista. Nem todas as mulheres que se libertavam de suas famílias eram bem-vindas como mulheres judaicas. O próprio judaísmo até hoje mantém essas ideias e conceitos, sendo que provam o valor de uma mulher como mãe e esposa e nunca como uma pessoa com direitos de um homem.
Quando falamos de Maria de Magdala, nós sempre iremos reconhece-la com a ideia machista de uma prostituta, isso porque nossa sociedade ainda mantém aquelas ideias e conceitos machistas da época. A própria igreja não permite madres que façam missas, e sim que vivam recolhidas em conventos, fechadas e enclausuradas.
Talvez porque o homem sempre será tentado pelo corpo de uma mulher. Essa visão grotesca e machista sempre estará na mente de um homem, pois é sabido que os padres se martirizam por causa da sexualidade. Imagine que nós seres humanos, nascemos com sexualidade, homens e mulheres não nascem sem genitálias, e isso é um fato que as pessoas precisam saber. Mesmo  Jesus também tinha genitália, isso quer dizer que ele era homem e os apóstolos também tinham genitálias, pois o homem nasce com pênis.
Existem pessoas que acham que a mulher e o homem não podem ter sexo ou que Jesus não poderia ter uma mulher o que é totalmente ignorante e sem lógica, pois todo rabino era casado, tinham mulheres e filhos como todo mundo.
De onde vem a ideia de que Jesus não poderia ter uma mulher? Esse tipo de ideia veio da Igreja Católica, mas por uma compreensão errada dos conceitos dos Essênios que não se casavam e eram celibatários. Jesus tinha influencia dos conceitos dos Essênios e o celibatarismo era uma forma de um contato maior com Deus.
Quem não entende de espiritualidade, nunca entenderá o celibato. Eu falo isso por conhecimento próprio, desde que comecei a ser um homem celibatário, minha vida espiritual deu um salto e hoje consigo receber mensagens e até mesmo me manter puro. Para uma pessoa que não entende o que é a pureza espiritual, tenho uma explicação: quando não fazemos sexo o corpo entra em uma frequência natural sem negatividade e o corpo atinge um tipo de qualidade especial para um contato com Deus.
Não é algo bobo ou inventado e isso é conhecido além do nome celibato, como asceticismo. 
Então, existem muitas mentiras sobre Jesus e Maria Magdalena, pois uma mulher que se torna livre e segue Jesus por um ideal, não só segue as ideias mas a filosofia. Uma outra possibilidade é que Jesus não tinha interesse em ser um homem como os rabinos, ele queria mostrar a sua filosofia de amor e caridade. As pessoas querem sempre julgar o que não entendem, dedicar-se a alguém é a mesma coisa que amor. Isso pode confundir as pessoas.
Toda mulher sabe que não pode ter amizade com homens pois os homens confundem com amor. Isso é tão verdadeiro que muitas mulheres não tem amizade com homens, até mesmo maridos não permitem esse tipo de amizade que acaba virando um tipo de paixão e sempre leva ao sexo.
Na época de Jesus, mulheres libertinas eram julgadas como prostitutas ou mulheres pecaminosas, pois não respeitavam seus pais e tornavam-se alvos de maldizeres e até hoje é assim. 
Então uma mulher que largava sua família para seguir um profeta, tinha a mesma forma de alcunha, mas não só Maria de Magdala seguia Jesus, Maria mãe de Jesus, Joana e Suzana. Mulheres que ajudavam na alimentação do profeta e dos apóstolos.
Entenda, Jesus era um homem de conceitos modernos para a época e mudou paradigmas judaicos como mudou a páscoa ao não comer carne de cordeiro e sim em forma de pão ázimo. Entenda, se alguns apóstolos sentiam ciúmes é por amor ao seu profeta. Esse tipo de sentimento é natural entre nós, e nunca deveriam ser tomados por estranheza, pois somos ciumentos por natureza.
Entenda, Maria de Magdalena, era na verdade uma mulher beata que acreditava em Jesus e que entendia os sentimentos de amor e de caridade. O fato dela lavar os pés de Jesus é algo lindo pois mostra o amor incondicional por Jesus. Como disse Jesus: nenhum de vocês aqui presentes me lavou os pés ou o perfumaram como ela o fez. Jesus quis mostrar o verdadeiro amor incondicional do ser humano.
Por que lavar o pés é tão pecaminoso? Muitas pessoas não sabem, mas naquela época lavar os pés de alguém era trabalho de uma mulher, pois era ela que dava as boas vindas a um amigo ou para um marido. Era costume lavar os pés do marido. Mas Jesus fez isso com os apóstolos e o Papa faz isso constantemente.

Então é um costume de amizade e de amor incondicional e principalmente de humildade. Jesus queria mostra a humildade perante seus apóstolos, e Maria Magadalena fez a mesma coisa pois isso mostra humildade e respeito a alguém. Precisamos aprender que a amizade e a caridade devem ser demonstradas por respeito a alguém. 
Hoje, muitas pessoas não compreendem o que é isso e logo colocam como um costume de sexualidade o que é mentiroso e inverídico.
Jesus gostava de Maria porque ela era dedicada, e consciente de seu trabalho, pois os apóstolos apesar de serem homens não eram tão corajosos como deveriam ser, pois Pedro negou 3 vezes por medo de ser morto. Maria de Magdala e as outras mulheres estavam e ficaram até a morte de Jesus na cruz, enquanto os outros fugiram ou se esconderam.
Elas ficaram e receberam o corpo de Jesus morto, inclusive Maria foi a primeira que viu após a ressurreição. As pessoas se esquecem de perceber esses detalhes importantes por mero machismo. 
A história de Maria de Magdala, não é de uma prostituta que tentam colocá-la mas de uma verdadeira apóstola de Jesus Cristo. Não podemos dizer que Maria foi ou não mulher de Jesus, pois isso fere o próprio judaísmo. Se Jesus foi casado com Maria, não interessa, pois Jesus era um rabino e não um padre do Vaticano. Precisamo colocar os pingos nos iis e entender que ser rabino não é a mesma coisa que ser padre, há diferenças ideológicas.
E venhamos e convenhamos, Jesus não estava interessado em sexo, pois durante esses dias que percorreu Jerusalém não teria tempo para essa futilidade mundana do ser humano e sim ensinara as pessoas o que mais era importante: amor e caridade.
Para mim não me interessa quem foi Maria de Magdala e sim a mulher que ficou com Jesus antes e após sua morte, enquanto os homens fugiam de medo.
Muita luz

Milagre de Santa Rita de Cássia.


Eu gosto de ler sobre a vida de santos e uma das santas que mais gosto é a vida de Santa Rita de Cássia. É uma história de amor incondicional e nos mostram que às vezes a vida não é para ser apenas vivida mas uma forma de mostrar nosso amor pelas pessoas.
Santa Rita nasceu na província da Úmbria, em um pequeno povoado chamado Roccaporena. Santa Rita desde criança foi ensinada pelos seus pais a amar Jesus Cristo, isso porque eram conhecidos como "pacificadores de Jesus Cristo", e ajudavam pessoas necessitadas levando a eles ajuda espiritual. Amata mãe de Santa Rita, tinha 62 anos de idade quando deu a luz a santa, depois que Deus atendeu às suas preces: um anjo apareceu para ela e lhe revelou que ela haveria de ter uma menina a qual seria amada por todos. Santa Rita nasceu e foi batizada em Cássia, daí a origem do nome.
O primeiro milagre aconteceu quando Santa Rita era bebê: seus pais trabalhavam na lavoura e sempre a levavam com eles, então a colocava em um cesto de vime, ao lado de uma árvore e iam trabalhar, um dia um grande enxame de abelhas rodeou o cesto de vime e as abelhas não a ferroaram, e na verdade a bebê dava gritinhos de alegria. Um trabalhador que estava próximo feriu-se com uma foice e logo foi até o local onde estava a criança e ao ver o enxame de abelhas tentou espantá-la e salva-la de uma ferroada. Foi então que o corte em sua mão curou-se. As abelhas voltaram para o local de onde surgiram, mas quando a Santa foi para o convento elas ficaram no jardim interno do convento. Fato que marcou a história de Santa Rita de Cássia.
Em sua juventude, Rita de Cássia, resolveu dar sua virgindade à Jesus Cristo que era um costume das mulheres com virtude e consagração ao convento. Santa Rita era uma jovem dedicada ao seu amor a Jesus Cristo e assim praticava em seu corpo duras penitencias. Santa Rita queria ir para o convento e ajoelhou-se perante seus pais pedindo para que a enviassem ao convento.
Esse fato deixou os pais preocupados, pois já estavam velhos e não queriam que Santa Rita ficasse desamparada, então resolveram casar ela com um jovem que pedira sua mão em casamento. 
Casou-se com um homem mulherengo, agressivo e bêbado, e jurou envergonhar seus pais caso não aceitasse o casamento. Teve dois filhos, que ensinou os princípios da religião, mas isso durou pouco tempo.Antes de ser assassinado, seu marido havia se convertido ao cristianismo, mas essa vitória de Santa Rita de Cássia durou pouco tempo e os inimigos de Paolo o mataram.
Os filhos de Santa Rita juraram que iriam se vingar da morte do pai, mas Santa Rita parecia estar vivendo em um inferno e agora seus filhos se voltaram para a vingança. Santa Rita perdoou os assassinos de seu marido.Santa Rita não queria que seus filhos caíssem na armadilha da vingança e assim pediu a Deus que os levassem, e isso aconteceu: um após o outro caíram e doenças que os levaram a morte um ano após a morte de Paolo.
Agora Santa Rita estava só, mas continuava com Deus.
Santa Rita agora livre dos afazeres maternais e maritais, torna-se uma mulher dedicada a ajuda aos desesperados e à caridade. Santa Rita não se contentava em dar tudo que tinha mas dar o que podia dar com as mãos. Então revestida de muita fé, tentou ir atrás de um sonho de jovem: entrar em um convento das agostinianas de Santa Maria Madalena.
Estendeu toda as suas virtudes à Madre Superiora, impressionada com as virtudes de Santa Rita de Cássia, a Madre não poderia aceitá-la porque o convento só aceitava jovens e não mulheres viúvas. Santa Rita não desistiu tentou mais duas vezes, mas foi rejeitada novamente.
Ela sentiu-se abandonada, mas não resignou-se ao desespero, continuou rezando e fazendo suas preces até o dia em que ouviu vozes gritando seu nome: Rita! Rita! Em visão eram seus protetores: São João Batista, Santo Agostinho e São Nicolau de Tolentino. Eles a convidaram para segui-los e em fé os seguiu pelas ruas até que chegou a Cássia em frente ao convento que queria entrar.
Então a porta trancada por dentro e logo ela estava no lado de dentro inexplicavelmente, logo as freiras foram e encontraram Santa Rita dentro do convento.As freiras ficaram estupefatas com a presença dela no convento e não houve arrombamento ou mesmo mesmo a porta estava aberta.
"Sou eu mesma - dizia, chorando - aquela que tantas vezes pediu para entrar aqui e não me aceitastes como digna de tanta felicidade! Santas esposas de Jesus; sabei como a divina Majestade me fez este singular favor, enviando na noite passada o Santo Precursor, acompanhado do glorioso Patriarca Santo Agostinho e S. Nicolau, meus protetores, que me trouxeram aqui de maneira milagrosa. Eu vos rogo, por aquele Senhor que tão liberal foi comigo, que me recebais em vossa companhia".
Depois do acontecido, as freias jubilosas da presença daquela mulher virtuosa e uma criatura mais angelical que humana.
A primeira atitude de Santa Rita ao entrar para o convento foi repartir seus bens com os pobres. Mas sua vida de devoção e caridade  não pararam, a madre ainda descontente com as virtudes de Santa Rita, pediu a ela um favor impossível: regar um galho seco que ficava ao lado da porta interna do convento.



O galho seco era visto como um certo ceticismo pelos outros, jamais cresceria algo ali, pois as outras olhavam com um certo sorriso no rosto, mas isso não impediu de Santa Rita de Cássia demonstrar sua eterna caridade, sua abnegação e sua virtude de amor incondicional. Pois ela fez isso durante 1 ano e hoje você pode ver a a foto da parreira que ainda está forte e frondosa.
Eu queria mostrar para você que a fé, a caridade e o amor transformam. Por isso, sempre que achar que nada pode fazer, nunca desista de seus filhos de seus amores, pois a fé e o amor revolucionam o mal e dureza.
Não parou por aí, Santa Rita pediu em fé que sofresse as dores de Jesus Cristo na cruz e ao cair de joelhos à frente da imagem, um espeto da coroa se desprendeu e atingiu sua testa. Em pouco tempo a ferida se transformou em algo feio e mal cheiroso, e a Madre mandou que a colocassem no fundo do convento para não impregnar as outra freiras. Santa Rita suportou a ferida durante 15 anos. Em 1450, Santa Rita queria ir ao jubileu em toda a cristandade, e pediu a Deus que curasse a ferida para que fosse ao jubileu e assim foi atendida e acompanhou as irmãs até Roma, o que agradou sua alma, mas depois a ferida voltou e com isso uma doença incurável, e mesmo na dor alucinante, Santa Rita nunca perdia o sorriso e a fé em Deus.
Uma parente de Santa Rita foi visitá-la  e antes de sair ela disse: Vá à horta que fica perto de tua casa, por amor de Jesus, e traga-me uma rosa. 
Era mês de inverno quando não há nada nos campos, então a parente nem deu bola para o que ela dissera. Santa Rita ao perceber a incredulidade da parente disse: vá, não duvides.
E os milagres não pararam por aí, logo após a sua morte a ferida antes fétida exalava um perfume que era sentido em todo o convento. Seu corpo se preservou além do tempo que deveria e hoje está ainda em um envólucro de vidro, para que todos vejam o poder da fé.


Espero que gostem dessa história maravilhosa de amor e dedicação.
Muita fé. Assista ao filme dela:

Ateístas deveriam cuidar da própria vida e esquecer os religiosos.


Sempre leio alguns comentários de ateístas sobre a religião. O que me deixa apreensivo é:  por que os ateístas se preocupam tanto com a religião das pessoas.
Não seria mais fácil eles cuidarem de suas próprias vidas?
Se para eles Deus não existe, por que querer insistir em mudar as pessoas religiosas.
Esse fato só comprova a intolerância dessas pessoas com a religião. 
Você em toda sua vida nunca verá um religioso tentar converter um ateísta, por que é uma perda de tempo.
As pessoas que querem ser religiosas procuram uma filosofia que os ajude a viver, diferentemente de um ateísta que vive pelo egoísmo. Sabe por que são egoístas?
Simples, uma pessoa egoísta quer sempre provar que ela é um poço de sabedoria e da verdade, a única explicação da vida no universo Será mesmo verdade que eles tem a resposta do que é o universo?
Se eles são tão inteligentes me provem que Deus não existe e assim mudo de ideia.
O correto seria se os ateístas não quisessem enfiar goela abaixo algumas de suas filosofias da vida que para um religioso é a vida egoísta.
Tentem focar em suas vidas pessoais, sigam seus caminhos e esqueçam a Deus, pois se não acreditam por que insistem nessas invenções que só um ateísta consegue imaginar?
Em primeiro lugar, vivemos em um país livre e todas as pessoas tem direitos de ter sua religião, nenhuma pessoa tem direito de mudar a minha filosofia em que acredito. O certo seria o ateísta ir trabalhar e cuidar da sua família, da sua vida e esquecer as pessoas que acreditam na espiritualidade.
GOSTO DE PERGUNTAR: você ateísta acredita em que? 
Quer dizer que só o que você acredita é bom?
Será que o que você acredita é real ou verdadeiro?
Será que em sua filosofia de vida pode mudar a filosofia de uma pessoa com religião?
Nem sempre o que é bom para o ateísta é bom para o religioso.
Então, por que provocar os religiosos? Não seria essa, a prova de que os ateístas são intolerantes? 
A intolerância é parte do ateu? Será que a intolerância não é falta de respeito?
Será que a intolerância é constitucional?
Será que nós religiosos não temos os mesmos direitos em acreditar em quem quisermos como ao ateísta de não acreditar? Quem pode dizer que os ateístas estão corretos? Existe alguma lei que proíbe as pessoas de ter religiões?
Ou será que a intolerância é uma instituição ateísta?
Meu caro, ateísta, Deus nos diz que não devemos abordar quem não acredita, pois Deus tem o mesmo apreço pelos ateístas e também aos crentes, e não faz diferença entre crente e ateístas.
Então, quando for nos ofender e caluniar, pense se gostaria o mesmo fosse feito à sua crença. Não acreditar em Deus é uma crença também e não difere de nós crentes pois buscamos as mesmas coisas: felicidade, amor e paz.